Verba extra de até R$ 2.250 deve ser paga a mil profissionais da saúde em MT durante a pandemia

Os profissionais de saúde que receberão a verba atuam no combate à Covid-19 em Mato Grosso — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT
A verba indenizatória extraordinária aos profissionais que atuam no atendimento aos casos da Covid-19 deve ser paga a 1.000 profissionais da saúde, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A lei entrou em vigor nessa terça-feira (21) e também cria uma indenização excepcional dos profissionais da saúde que possuem contrato temporário com a Secretária Estadual de Saúde (SES).

A verba extra vai ser paga aos servidores efetivos, comissionados e contratados temporariamente que estejam efetivamente prestando serviços e potencialmente expostos ao contágio pelo coronavírus.

O valor da indenização será pago mensalmente, enquanto estiver em vigor o estado de calamidade. 

Tabela mostra o valor que cada profissional irá receber — Foto: Secom-MT/Divulgação 

Além disso, a nova lei prevê que os profissionais de saúde contratados temporariamente pela SES-MT em regime de trabalho de plantão, que necessitem ser afastados de suas atividades em razão da contaminação pelo novo coronavírus, terão direito, por 14 dias de afastamento e durante o período de recuperação fica garantido o recebimento da remuneração, sendo permitida a prorrogação do direito de recebimento pelo período que perdurar o afastamento por recomendação médica.

Mato Grosso já registra até essa terça-feira (21), 37.429 casos confirmados da Covid-19, sendo notificados 1.432 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.

Fonte: G1 MT
Tags
Post Navi

Postar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget